segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O som e suas propriedades

O som é tudo que ouvimos. O som pode ser determinado ou indeterminado dependendo de suas propriedades.
Apesar de dizermos que o som é tudo que ouvimos, é importante saber que também existe sons que não são captados pelo ouvido humano, devido serem muito grave ou muito agudo. Na física, isso pode ser explicado pela freqüência, indicada em Hertz (Hz); quanto mais agudo o som, maior a freqüência.
Obs.: é importante lembrar que a definição para som aqui mencionado, é em cima do objetivo a estudar.

Som determinado
O som é determinado quando possui todas as propriedades que um som pode possuir. Também é chamado som musical. Estas propriedades são:

·         Duração
·         Intensidade
·         Altura
·         Timbre

Duração é o tempo em que o som se produz.
Intensidade é a propriedade de o som ser mais fraco ou mais forte.
Altura é a propriedade de o som ser mais grave ou mais agudo.
Timbre é a condição que o som nos dá de reconhecer de onde se produz.
Devemos cuidar de não confundir altura com intensidade, pois ambas têm significados bem distintos. Não dizer: “o saxofone estava mais alto que os demais da orquestra”, sendo que ele estava mais forte.
Som indeterminado

A propriedade que pode tornar um som indeterminado é a altura. O som que não tiver essa propriedade trata-se somente de ruídos:
Exemplos de som indeterminados: explosão de uma bomba, carro em funcionamento, a maioria dos instrumentos de percussão, etc.
Exemplos de sons determinados: voz humana cantando, violino, trompete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário